Tijolo por concreto por barraco
Tijolo por concreto por barraco

Tijolo por concreto por barraco

Desta ranhura no asfalto
vi brotar um fiapo verde
que rasgando o chão solene
da cidade e seu concreto
fez nascer um capim discreto
que dos edifícios por entre
nem cientes da daninha
erva refrescante
que vencia
a ranhura do asfalto
e essa planta
sem nome indefinida
é como eu e tu
minha gente indefinida
restos da maquinaria
da civilização que empilha
que nos saqueia
que nos pilha
a simplicidade
desta planta indefinida
que rasteja orgulhosa
por entre o rugoso chão.
Mas gente não pode ser indefinida
nem resto nem maquinaria
É da ranhura do asfalto
que vi brotar o sertão consequente.
Tijolo por concreto por barraco
sobreveio o sol e o mar novamente.

strong-grass-growing-asphalt-9638952

Deixe um comentário