π (Pi)

(2006)

Tua flor de fobia
fruto dessa dimensão
são pétalas envenenadas
sintetizando escuridão
Thank you for all
os tanques e o futebol
tuas medalhas de prata
revelar-se-ão, miragem
e a tal defendida pátria
naufraga na outra margem
Mas mió cardio
Que o edema
Que fizeram
em Iracema
Adeus, geriátrica farda,
Leve contigo um pouco
de veias arreganhadas:
de tristeza metálica,
de hematoma,pleura, neura,
Eu acuso o Cel. Mostarda!
(Gustavo Loureiro Conte, 2006)

Deixe um comentário