A mais poderosa armada

Te ensinaram que o AMOR é importante
que DEUS é foda
e que A TERRA GIRA
em torno do SOL
Pois bem
torno quem gira o Sol
torno Sol gira quem
quem Sóis sou
quem Horus por quem
Amén?

O amor
não é o princípio
não é durante
não é depois
é justo que seja efêmero
e eterno posto meus erros
sou falseta, poeteiro
profeta, desinteiro
metade de uma laranja
tosco e imperfeito
me complete, forasteiro
conecte-me ao meio
pois não compreendo teu fim
se não por amor
(há vários tipos de amor)
donde tu veio?
Não sou da tua rua
não sigo teu caminho
trilhei o menos corriqueiro
meu cordel é brasileiro
sou urbano, meio caipira
caipora, meio maloqueiro
falo gíria, além de rima
mas não tenho flow como repentista
tampouco o respeito do Mano, nêgo.

Mas tô aqui a serviço da Palavra
aquela que é mais forte que a espada
aquela que vence tua mais poderosa armada
aquela que decifra tua emboscada
eu te ganhei desde o princípio
ta provado, na minha Bíblia, Senhoríssimo
Deus viu,
permitiu e se não existo
então deixa meu pensamento na crisálida do teu solstício
um dia todo mundo vai se ligar
que pamonhas pamonhas pamonhas
são sim puro creme do milho verde.

E se faltar lirismo
no meu Adeus indecente
é só pra que o fogo da pele
não arda de saudade ou sede
a alma – vai além de tudo
a água – tem até fora do mundo
e se eu dissesse que se sessê
seria mais pra ser repente
que que um guri branco de jeito atrapaiado
até mesmo acusado de afeminado
que que nunca socou a fuça de um sujeito

mas não falo pra falar de mim
pois quero apanhar uma rosa
minha mão já não alcança
eu peço pro Mestre da Obra
libertar nossas criança.

De repente tudo fica fácil
táctil
e inseguro
eu termino tudo num belo pulo
prescrito numa BULA DE MARFIM

– – A VERDADE ESTÁ BEM WITHIN – –

.Fim.

Deixe um comentário